Fado ao Norte 

Organizado por Casa da Galeria, Santo Tirso

Artistas: Alexandra de Pinho, Cristina Troufa, Luís Filipe Rodrigues, Manuela Pimentel, Martinho Dias

 

Uns meses após o reconhecimento do Fado como património imaterial da Humanidade, e num contexto em que precisamos de lembrar e valorizar realizações positivas, abrindo caminho ao futuro, a Casa da Galeria associa-se às comemorações com uma exposição de artes plásticas glosando o tema Fado. Não só o fado canção mas o Fado em sentido lato, o relato de emoções, amores e desamores, tristezas, saudades, alegrias e sofrimentos, cinzas e fogo, destino.Não grandes feitos de algum herói, mas os sentimentos desta comum condição humana que partilhamos; o “amor fati” de que falou Nietzsche. Não só agruras e saudades, não conformismo nem resignação ou fatalidade, mas a grandeza na aceitação serena se bem que melancólica por vezes, dos sofrimentos que a vida nos traz, afinal a celebração da vida na sua plenitude. Os artistas mergulham em becos escuros do Ser , e por entre sombras, cantos escuros e vielas da alma, trazem à luz do dia, ao palco desta exposição as suas vivências. Julgamos entrever a sua visão do mundo, as suas angústias e alegrias, dolências e melancolias… mas como sempre, um espelho de nós mesmos. Até 28 de Abril saibamos fruir estas imagens com tempo, “com uma alma que sabe escutar”.

Fado diluído nas franjas da escrita

E na memória da palavra ascendente.

Arquivo singular,

do espaço tangencial mundo-corpo.

Tecido onde a mistura habita, pregueia-se e desdobra-se.

Saudade traçada na sua imagem.

Alexandra de Pinho

ALEXANDRA DE PINHO - ARTISTA PLÁSTICA / FINE ARTIST

  • Facebook Social Icon